A história da Churrascaria Expedicionário do Cogo

João Carlos Cogo (PAPAI COGO), filho de descendentes italianos, chegou ao Brasil aos quatro anos de idade desembarcando no Rio Grande do Sul. Após morarem bom tempo por lá vieram ao Paraná passando por varias cidades e fixando-se em Ponta Grossa. Cansado da estrada e da vida de caminhoneiro, Papai Cogo resolveu trabalhar no comércio abrindo um restaurante no bairro da Nova Rússia na rua D. Pedro II, chamado de PARATI. Lá trabalhou junto com a esposa e filhos e em pouco tempo formou grandes amizades e uma boa clientela, o que o levou a procurar por um estabelecimento maior. Foi aí que seu amigo de nome Absalão, proprietário da EXPEDICIONÁRIO há 3 anos ficou sabendo que Papai Cogo procurava por um ponto comercial e realizou a venda em 1954 com o trato de não tirar o nome “EXPEDICIONÁRIO”. Honrando o combinado do amigo que foi combatente nas forças aliadas, Papai Cogo só acrescentou o “DO COGO” embaixo e foi aí que tudo iniciou.

No dia 15 de setembro 1954, Papai Cogo tomou posse da nova Expedicionário do Cogo trabalhando com a família por quatro anos vendendo para seu genro MIGUEL PENTEADO e para seu filho ARCHIMEDES COGO. Trabalhando juntos com muito amor e dedicação eles transformaram a pequena churrascaria na mais conhecida e melhor churrascaria de Ponta Grossa, uma sociedade que deu muito certo.

Naquele tempo, passaram a frequentar a Expedicionário do Cogo muitos famosos e políticos influentes, assim rapidamente tornou-se conhecida por todo o Paraná e Brasil, ficando famosa pela forma de servir a carne com o corte diferenciado, em um sistema de assar na labareda até então pouco conhecido, juntando com o tempero especial e a dedicação em atender bem, foi fácil explicar o sucesso.

Atualmente estamos na 3ª e 4ª geração administrando, sem nunca ter fechado ou interrompido, sempre abertos para o almoço e jantar. Nós, herdeiros e descendentes do patriarca da família, temos o maior orgulho de trabalharmos nesta empresa onde se tornou referência do PRATO TÍPICO DE PONTA GROSSA. Somos a primeira churrascaria de Ponta Grossa a servir o Alcatra no Espeto, prato típico da cidade, temos o reconhecimento e o selo de indicação.

Eu, João Carlos Cogo Neto, atual diretor da churrascaria Expedicionário do Cogo quero deixar aqui um agradecimento em especial ao meu Pai, saudoso ARCHIMEDES COGO, advogado e empresário, que dedicou 52 anos de sua vida pela Churrascaria. Indiscutivelmente um empresário arrojado para sua época, onde junto com seu sócio alavancou e solidificou a nossa marca. Aos funcionários já falecidos, um destaque ao tempo de casa trabalhado:

Nicolau Apem 52 anos de casa – Garçom
Henrique Krik 42 anos de casa – Garçom
Paulo Mildemberg 30 anos de casa – Garçom
Alfredo Barbosa 28 anos de casa – Churrasqueiro
Antonio Rosas Oliveira 25 anos de casa – Churrasqueiro
Carlos Henrique Falcão 20 anos de casa – Gerente
Guilherme Salv. Davila 26 anos de casa – Garçom
Sergio Krik (Chumbinho) 22 anos de casa – Garçom
Irineu Breula 13 anos de casa – Garçom
Inácio Wolski 10 anos de casa – Garçom


© - Todos os direitos reservados Desenvolvido por Megacia